Site Overlay

Auxílio emergencial pode ser estendido até setembro com crédito extraordinário

O governo federal planeja estender o auxílio emergencial de R$ 250 por mais dois meses, portanto, se a proposta for aprovada, os beneficiários poderão receber as parcelas até o mês de setembro.

O benefício deverá ser custeado por um crédito extraordinário de R$ 12 bilhões a ser enviado ao Congresso e outros R$ 7 bilhões que já estão disponíveis no orçamento do programa.

A intenção da extensão do benefício é usar o período como ponte para a implementação do novo Bolsa Família que o governo tem estudado.