Site Overlay

B3 decide cancelar negociação de papéis da Modalmais

A B3 informou em comunicado que serão canceladas as negociações com os papéis da Modamais (MODL3, MODL3F, MODL4 e MODL4F) feitas na última sexta-feira (30) e nesta segunda-feira (3), após a estreia na bolsa. Já as units MODL11 continuarão em operação.

Segundo o regulamento, é possível cancelar, em caráter extraordinário, ofertas e operações, desde que ainda não liquidadas.

A Moldamais precificou seus ativos no valor de R$ 20,01 na última quinta-feira (29), bem abaixo da faixa indicativa de R$ 24,30 a R$ 32,82. O IPO (oferta pública inicial de ações) movimentou R$ 1,17 bilhão. 

Mal entendido

De acordo com o jornal “Valor Econômico”, alguns investidores haviam entendido de forma errônea que a unit da Modalmais (MODL11), que estreou na B3 na sexta, incluía uma ação ordinária e duas preferenciais. Isso fez com que parte do mercado tentasse desmembrar a unit para fazer uma arbitragem entre as duas classes de ações.

Na verdade, a unit é composta por uma ação ordinária e dois recibos de subscrição, que poderiam depois ser convertidos em preferenciais, inviabilizando a operação.

A arbitragem consiste em comprar e vender simultaneamente um mesmo ativo em mercados diferentes ou ativos correlatos no mesmo mercado, com o objetivo de lucrar com a diferença de preço.

“Reiteramos que a decisão da B3 de cancelar os negócios envolvendo MODL3 e MODL4 levou em conta, exclusivamente, aspectos operacionais e potenciais impactos na formação de preços, compensação e liquidação das operações, não havendo relação com a oferta pública realizada pelo Banco Modal”, informou a B3 por nota.