Site Overlay

Sinqia fecha em alta de 6%; Marfrig sobe 4% e Méliuz cai 6%

O Ibovespa operou com pouca liquidez nesta quinta-feira (23) com os papéis da Marfrig liderando as altas do indicador. No acumulado da semana, Minerva e BRF ficaram entre as mais valorizadas.

No pregão desta quinta-feira, os papéis de companhias ligadas ao segmento doméstico e com alto potencial de crescimento, como Méliuz e Petz, ficaram com as maiores quedas do indicador. Na semana, a rede de itens para petz também ficou com uma das maiores quedas.

Fora do Ibovespa, a Sinqia subiu forte em meio ao anúncio da compra da Newcon. Confira os destaques do dia:

Frigoríficos

Os papéis da Marfrig (MRFG3) registraram a maior alta do pregão, em alta de 4,17%, para R$ 22,73, enquanto a BRF (BRFS3) desacelerou e subiu 1,98%, para R$ 22,62, em dia positivo para as companhias exportadoras.

Petz e Méliuz

As ações da Méliuz (CASH3) ficaram com as maiores baixas do Ibovespa ao registrarem recuo de 6,34%, para R$ 3,11. Os papéis de Petz (PETZ3) diminuíram o ritmo de queda ao encerraram em baixa de 2,89%, para R$ 16,83.

Sinqia

A Sinqia (SQIA3), provedora de tecnologia para o sistema financeiro, subiu 6,03%, para R$ 16,88, após comunicar que sua controlada Sinqia Tecnologia (que desenvolve operações no mercado de consórcios) assinou contrato para aquisição  de 100%  do capital da Newcon por R$ 422,5 milhões. Com a notícia, as ações da companhia chegaram a disparar 9,35% na manhã desta quinta-feira.

O valor da transação será composto pelo pagamento de uma parcela à vista e uma parcela a prazo que será desembolsada em 5 prestações anuais. 

De acordo com a Sinqia, o fechamento da operação, que já foi aprovada pelo conselho da empresa, está programado para ocorrer em janeiro de 2022.

A NewCon  é uma  das  principais  fornecedoras  de  tecnologia  para  o  sistema  financeiro no Brasil,  especialista  em softwares usados por  mais  de  80  administradoras  de  consórcio ligadas  aos principais  conglomerados  financeiros  e  montadoras  de  veículos.

A equipa da empresa é formada por mais de 190 colaboradores. Nos últimos 12 meses encerrados em 30 de setembro de 2021, apresentou receita bruta de R$76 milhões e Ebitda (lucro operacional) de R$ 40 milhões.

Em comunicado, a Sinqia informou que a concretização da transação tem dentre outros objetivos  fortalecer a sua posição como provedora líder de tecnologia para o sistema financeiro, com um portfólio de produtos abrangente e uma base de clientes robusta.

Analistas do Itaú BBA afirmaram em relatório que enxergam o anúncio como positivo para a Sinqia, uma vez que a empresa aplicou com sucesso os recursos do último follow-on para adquirir seu principal concorrente no segmento do consórcio. “Vemos a NewCon como um ativo único que traz consigo 80 novos clientes com alto potencial de venda cruzada com o Sinqia Digital”, disse a equipe.,

A equipe da Levante Investimentos disse ainda que a aquisição da NewCon é bastante interessante para a Sinqia, visto que impulsionará seus planos de crescimento, levando a uma receita anual proforma de R$ 430 milhões de reais nos últimos 12 meses até setembro.

“Com isso, a companhia fica cada vez mais perto de atingir a meta anunciada há 2 anos, quando apresentou seu plano estratégico, o Sinqia 500, que tinha por objetivo atingir uma receita de R$ 500 milhões até o final de 2023. Sendo assim, esperamos um impacto positivo nas ações no curto praz”, informou.

Raia Drogasil

A Raia Drogasil (RADL3) encerrou estável, em leve alta de 0,08%, cotada a R$ 24,10. A companhia informou que celebrou, por meio do RD Ventures Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (FIP RD Ventures) contratos para a aquisição de 100% do capital social da Amplimed, que oferece solução para gestão de clínicas e consultórios.

A companhia também comunicou um acordo para a  realização de investimento visando aquisição de 6,5% do capital social da Labi Exames,  que é focada em  exames laboratoriais, testes, check-ups e vacinas, com opções para investimentos futuros adicionais.

A Drogasil também firmou contrato para a aquisição de 12,5% do capital social da Conecta Lá, que ajuda pequenos vendedores a comercializarem produtos em grandes markeplaces, incluindo direito de preferência para deter até 20% do capital social da empresa e a compra dos direitos de uso do código da sua plataforma Seller Center.

“Os investimentos na Amplimed, Labi e Conecta Lá foram feitos pela RD Ventures, plataforma de Corporate Venture Capital da RD, e buscam acelerar a estratégia de digitalização em saúde da RD”, disse a empresa em comunicado.

Destaques da semana

Maiores quedas

Ticker Variação semanal em %IRBR3-9,91PETZ3-9,61CVCB3-9,28NTCO3-8,15

Maiores altas

Ticker Variação semanal em % EMBR319,36GETT1112,35BEEF36,47BRFS35,21

Veja também